Brasília
17°C    26°C

Brasília, 18 de agosto de 2017


notícias
parceiros
links úteis
eventos
especiais
entrevistas
E&M TV
02/07/2013 08h47
Acre investe em assistência e extensão rural
Investimento em assistência técnica e extensão rural busca aumento da produtividade
Foto: Assessoria Seaprof
A assistência técnica e a extensão rural (Ater) unidos à tecnologia são temas da ação que vem sendo desenvolvida pela Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof) com os extensionistas. O objetivo é que a assistência técnica aos produtores seja realizada em todas as etapas de produção, bem como fazer com que a pesquisa agropecuária chegue mais facilmente ao agricultor. O resultado é o incremento de atividades produtivas com bases agroecológicas.

A qualificação dos extensionistas, a troca de experiências e a transferência de tecnologia sustentável para ser empregada à produção agrícola têm como resposta o aumento da produtividade nas propriedades rurais, como é o caso do produtor Pedro Nascimento, proprietário do Sítio Holanda, localizado na BR-364, quilômetro 16, em Cruzeiro do Sul. Com a assistência técnica e extensão rural recebidos do escritório da Seaprof o produtor já alcançou uma produção de 300 mil pés de abacaxi e agora acessou crédito para adquirir um caminhão para o transporte da produção.

“Eu mesmo produzo as mudas. Tenho mudas até para vender”, afirma Nascimento, que para iniciar o plantio de abacaxi teve que comprar as primeiras mudas. O projeto de crédito do Pronaf (Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar) Mais Alimentos já foi elaborado pelo extensionista e aprovado pela instituição financeira. “Toda semana levo dois mil abacaxis para a cidade e, além do gasto com transporte, às vezes vendo barato porque não posso voltar com nenhum fruto.”

“A orientação técnica aos produtores, além de permitir acesso ao crédito, também garante a boa aplicação”, explica o secretário de Produção, Lourival Marques Filho, acrescentando que, através de parcerias como a existente com a Embrapa e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), tem sido possível a qualificação dos técnicos. Segundo Marques, além de encontros de qualificação também já foi realizado curso para a transferência de tecnologias a ser empregada à produção agrícola.
comentários

Obrigado 25/05/2017 14h46
Obrigado wsdd e musica da Ludmila
Seu nome * Seu e-mail *
Comentário Limite de caracter 700
* Campos obrigatórios
noticias